em Arquitetura, Decoração - Tempo de leitura: 3 minutos

Se você está pensando em construir uma casa ou realizar uma reforma, a área externa pode ajudar muito na valorização do imóvel. Além disso, caso você vá morar no local, ainda terá a vantagem de desfrutar  de momentos incríveis com a família. Neste artigo trouxemos dicas para que você possa projetar a área externa ideal. Continue a leitura e confira!

 

Analise o perfil dos moradores

Antes de planejar qualquer projeto, é importante pensar no perfil dos moradores. Serão um casal com filhos? Será a casa de uma pessoa que irá morar sozinha e receber visitas frequentemente? São pessoas mais jovens ou de mais idade? Tudo isso impacta na hora de projetar a área externa.

 

Verifique o espaço e o clima da região

O espaço disponível e o clima da região podem ajudar a determinar o que irá compor a área externa. Ela contará com jardim, espaço gourmet, piscina? Em locais onde o clima é mais frio, pode ser mais vantajoso ter uma hidromassagem ou um ofurô, por exemplo.

No entanto, este não é o caso de Francisco Beltrão, em que o verão é longo, além de abafado e morno e o inverno é curto e ameno. Neste caso, a piscina seria uma boa alternativa, contanto que haja o espaço adequado para ter uma livre circulação e evitar possíveis acidentes com pessoas idosas e crianças.

 

 

Pense na limpeza

Além da estrutura do ambiente, ao projetar a área externa você precisará pensar nas necessidades de limpeza que ela terá. Se você for instalar uma piscina, por exemplo, precisará de um banheiro ou vestiário externo para que seja possível tomar uma ducha ou se trocar sem sujar a casa.

Além disso, se a área não for coberta, precisará de um piso antiderrapante, de preferência com tons não muito claros, pois eles acabam destacando mais a sujeira. Ele também deve ser térmico para evitar desconforto quando as temperaturas subirem. 

 

Mantenha a segurança em mente

Seja qual for o tamanho ou estrutura do seu projeto, a área externa deve ser planejada com a maior segurança possível. Isso inclui desde a escolha dos materiais, equipamentos e itens, até tipos de revestimentos e disposições dos móveis. 

Churrasqueiras de tijolinhos, por exemplo, são bonitas, resistentes e seguras para ficar próximo ao fogo. Mas ela não pode ficar muito próxima de outros móveis, uma vez que a gordura e a fumaça podem desgastá-los.

Relacionados:

 

Áreas verdes fazem toda a diferença

As plantas e a grama são ótimas opções, pois ajudam a compor o visual da sua área externa. O gramado se adapta ao calor e a umidade e as palmeiras ficam muito bonitas nesse ambiente, mas se houver piscina instalada, evite eucaliptos, ipês e árvores frutíferas, já que elas soltam muitas folhas.

Você pode até colocar um jardim e aproveitar ervas frescas sempre ou mesmo usar este argumento para valorizar a venda. Porém, se o intuito é ter uma área que não precisa de muita atenção, algumas espécies são mais resistentes e fáceis de cuidar, como o jasmim do cabo, a azaleia bola e o periquito vermelho.

 

Invista em iluminação e decoração

A iluminação e a decoração podem transformar completamente o ambiente e não devem ser subestimadas em projetos de áreas externas. Se você não puder contratar um profissional para fazer o projeto completo, precisará pesquisar e estudar bastante para construir uma boa área de lazer.

Isso porque é preciso compreender conceitos como paleta de cores, saber em que pontos colocar abajures e luminárias, objetos e itens para deixar o local ainda mais sofisticado e confortável.

Se quiser saber mais sobre como decorar a sua área externa aproveite as dicas que demos neste outro artigo “Área de lazer: como fazer decoração?”!

Comentários
Posts Recentes
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO?
Bons negócios começam com uma boa conversa. O que você procura?
RESIDENCIALCOMERCIALINVESTIR

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Casa nova: veja como decorar gastando pouco