em Construção, Imobiliária, Terrenos - Tempo de leitura: 3 minutos

Investir em um imóvel é uma decisão importante que requer análise do valor disponível para a compra, objetivo de uso do espaço, necessidades da família e paciência do proprietário. E as respostas para essas questões costumam não ser tão objetivas ou taxativas.

É usual o proprietário ficar em dúvida até mesmo do valor que tem para investir quando se trata de sonhos ou de uma oportunidade para lucrar com o negócio, não é mesmo?

Por isso, independentemente da motivação, se você tem dúvidas se uma casa ou terreno é a melhor opção para investir, este post é para você: vamos apontar os benefícios e cenário mais indicado para decidir realizar essa compra. Vamos ao primeiro passo?

 

Identifique seu cenário

Sabe os aspectos que citamos no início deste artigo? É por eles que vamos começar.

Faça as contas

Que valor você está disposto a gastar em uma casa ou terreno? Se esse dinheiro já está guardado, ótimo. Se você irá contratar um financiamento, coloque na ponta do lápis o valor de cada parcela e seu respectivo juro. Analise, claro, quanto de sua renda por mês ficará comprometida para a quitação das parcelas.

 

Pessoa calculando as possibilidades de compra de uma casa ou terreno.

Coloque na ponta do lápis o valor de cada parcela e seu respectivo juro, antes de qualquer decisão.

Se a intenção é investimento e você possui um valor menor para a compra, considere escolher um terreno para adquirir. Havendo clareza nessa etapa, é hora de seguir ao próximo passo.

Saiba o objetivo da compra

Você pretende comprar uma casa ou terreno para alugar ou para morar? Qual é o tempo possível de espera para que ele esteja pronto para uso? Você espera ter um retorno de investimento a curto, médio ou longo prazo?

Por exemplo, se a ideia é utilizar o imóvel como moradia da sua família, essa é uma necessidade que precisa ser sanada imediatamente ou pode levar mais tempo? Investigue seu cenário pessoal para tomar uma decisão embasada naquilo que é melhor para você, incluindo aspectos que vão além do financeiro.

Analise sua disponibilidade

Quando o assunto é construção ou reforma, tempo e disposição são quesitos essenciais, não é mesmo? Imprevistos surgem, o prazo se estende, os custos aumentam e a paciência acaba. Então, outro aspecto para se levar em conta antes de decidir o investimento em uma casa ou terreno, é importante pensar na sua rotina, no dia a dia da sua família para descobrir qual grau de disponibilidade você tem para investir no imóvel.

Pessoa validando o planejamento financeiro futuro.

Consulte o seu planejamento para validar se o investimento é viável.

Conseguiu mapear seu cenário? Então, agora vamos às opções:

 

Casa – vantagens e desafios

 

Se o imóvel já está pronto, como é o caso de uma casa, o custo inicial será mais alto e você não precisará ter gastos com as etapas da construção. No entanto, se o imóvel não estiver de acordo com suas necessidades, será necessário fazer reformas, sejam elas pequenas ou grandiosas. Para isso, volte ao mapa do seu cenário e observe:

  • O dinheiro que possuo será suficiente para a compra do imóvel e suas reformas?
  • Se o objetivo do negócio é a moradia, ele está do jeito que eu gostaria?
  • Já se a pretensão é alugar, em quanto tempo terei o investimento inicial de volta? Vale a pena?

 

Terreno – vantagens e desafios

Agora, se a opção é comprar um terreno, já adiantamos uma informação: o espaço pode valorizar em até 100% e o retorno do dinheiro investido acontece de médio a longo prazo. Trata-se de um investimento de custo mais baixo, ideal para quem não dispõe de orçamento robusto, se comparado à compra de uma casa.

Ainda, com o passar dos anos, a tendência é que o espaço valorize, podendo até a se tornar uma área nobre — por isso, é importante pesquisar as expectativas de crescimento da região antes de comprar  — e, portanto, com maiores chances de ganho.

 

Foto aérea de terrenos.

Outra vantagem que comprar um terreno para construir um imóvel oferece é a possibilidade de personalização da casa exatamente como você e sua família imaginam e desejam. Mas, claro, para que isso faça sentido, é preciso, mais uma vez, analisar o cenário individual. Veja só:

  • Se a intenção é a moradia, eu e minha família temos disponibilidade para aguardar a construção de um imóvel?
  • Tenho tempo e disponibilidade para acompanhar a etapa das obras?
  • Desejo ter um imóvel que atenda perfeitamente minhas necessidades e desejos?
  • Qual minha expectativa de retorno financeiro?

Bom, se é casa ou terreno, a pessoa mais indicada para decidir é você. Por isso, dedique-se a analisar o seu cenário pessoal, as prioridades para sua família e, claro, o quanto pode investir para a compra do imóvel.

E, então, o que achou desse artigo? Continue o aprendizado vendo dicas para economizar para comprar seu primeiro terreno!

Comentários
Posts Recentes
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO?
Bons negócios começam com uma boa conversa. O que você procura?
RESIDENCIALCOMERCIALINVESTIR

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Balde de um trabalhador da construção civil.