em Construção, Terrenos - Tempo de leitura: 3 minutos

Quando adquirimos um terreno, uma das principais preocupações é com a segurança. E então, entram em cena a construção de muros, cercas, portões, sistemas de vigilância, etc.

O muro serve para delimitar a área adquirida e preservar a segurança e proporcionar maior privacidade. Além de impedir também a entrada de animais.

Mas e na hora de construir seu muro, como fazer? Este muro deve ficar bem na divisa dos dois terrenos ou ser construído totalmente no seu lado do terreno?

Provavelmente você já deve ter ouvido alguma história sobre problemas entre vizinhos envolvendo a construção de muros. Por isso desenvolvemos este artigo com algumas dicas que podem ajudar a diminuir estes impasses com os vizinhos.

construção de muros 

Muro do Vizinho 

Se você adquirir um terreno e nele já houver um vizinho e a construção de muros foi feita margeando a divisa e totalmente dentro do terreno dele. Este muro pertence ao seu vizinho, portanto a altura, a extensão e o material fica totalmente à escolha dele.

Qualquer obra, projeto ou intenção de construção de sua parte que vise utilizar este muro como parte da obra (apoio ou parede), deve-se pedir autorização ao vizinho que o construiu. E ressarci-lo da metade do valor gasto por ele na construção da determinada parte do muro a ser utilizado na sua obra. Adquirindo direito de utilizá-lo.

Porém, tome muito cuidado! Observe sempre as características da construção do muro, como seu alicerce, pilares, cintas de amarração e altura, sabendo assim se ele vai comportar e resistir à obra pretendida. Portanto, cuide ao apoiar uma nova construção nos muros já existentes. Pois provavelmente eles não foram calculados para suportar a cargas maiores e possivelmente entrarão em colapso.

Caso o vizinho tenha construído o muro no terreno dele e tenha deixado o seu lado sem reboco. E você tiver interesse em rebocar e pintar para melhorar a estética no seu lado, você pode fazer este investimento. Pois agregará valor e benefícios para o proprietário e, se por ventura ele não concordar, cabe uma ação judicial que lhe garanta esse direito.

 

Muro na Divisa 

Se houver a possibilidade de acordo entre os vizinhos e o muro for construído na divisa dos terrenos. Ele fica pertencendo a ambos, portanto o custo da obra deve ser dividido em partes iguais.

Dessa maneira com um acordo prévio o muro pode ser erguido levando em consideração a utilização do mesmo para futuras obras de apoio de estrutura em ambos os lados.

Para esse tipo de construção, cada lado do muro pode ser personalizado como o proprietário quiser. Podendo o mesmo aplicar revestimentos, texturas, pintura e motivos decorativos a seu gosto. Tomando o cuidado para que ambos os lados sejam rebocados (ou pelo menos salpicados) evitando assim infiltrações.

 

Seu Muro 

Se você já tiver construído o muro em seu terreno, e o novo vizinho em obras, aterro ou terraplanagem cause dano. Cabe a ele o devido reparo ou construção de um novo muro com características iguais ao danificado ou destruído.

Geralmente em casos extremos para se evitar atritos e divergências com os vizinhos difíceis. Que já construíram um muro em seu próprio terreno existe a possibilidade de construção de um outro muro do seu lado do pátio. Paralelo ao muro já existente e, caso esta seja sua escolha. Tome cuidado para que não fiquem frestas que permitam a entrada de água da chuva entre os muros causando infiltrações.

Com todas estas dicas, a principal ainda é sempre uma conversa amigável entre vizinhos, para assim chegar a um acordo sensato e correto para ambas as partes. Provavelmente vocês terão de conviver lado a lado por um bom tempo, e uma boa convivência torna tudo muito mais agradável.

Comentários
Posts Recentes
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO?
Bons negócios começam com uma boa conversa. O que você procura?
RESIDENCIALCOMERCIALINVESTIR

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

invista-em-terreno-e-construcaoprocurando-terreno-para-construir-sua-casa-saiba-como-aproveitar-melhor-a-posicao-solar