em Arquitetura, Decoração - Tempo de leitura: 3 minutos

Quando o assunto é compra de terreno e construção, um dos últimos temas que podem vir na sua cabeça é a preparação de um jardim. No entanto, esse espaço verde é um dos grandes responsáveis por conferir mais harmonia ao local, bem como se apresenta como um ótimo aliado para o relaxamento e sensação de bem-estar.

Neste artigo, reunimos 5 dicas para jardim: como organizar, decorar e trazer funcionalidade para esse ambiente. Então, se está pensando em comprar um terreno ou já está terminando de construir sua casa e ainda não pensou como será o seu espaço verde, este post é para você

 

1. Selecione o espaço

Seu terreno possui um espaço amplo e arejado ou a área construída toma boa parte dele? Há muitos móveis e pouco acesso ao solo? Quantos metros quadrados estão livres? Estar munido dessas informações facilita a escolha do espaço onde será construído um jardim.

Foto de um jardim e alguns utensílios de jardinagem.

Ter em mente o tamanho do espaço disponível para o seu jardim é importante durante a etapa do planejamento.

Avalie qual cômodo da casa — varanda, quintal, área de lazer, paredes — têm as condições favoráveis para abrigar esse espaço verde. Calor, exposição ao sol e arejamento são alguns dos fatores que devem ser levados em conta, ok?

 

2. Escolha o estilo do jardim

Assim como na Arquitetura, no Paisagismo há diversos estilos de montagem de um jardim. Dos clássicos, caracterizados pela simetria das suas composições, aos jardins tropicais, marcados pela diversidade e aproveitamento da vegetação local, os espaços verdes trazem a essência da natureza para dentro de casa.

Foto de um jardim Japonês.

Um exemplo de Jardim japonês. Fonte da imagem: fivestarlandscape.com

Além dos estilos contemporâneos — como o inglês, japonês e italiano — hoje em dia, é comum encontrar também jardins que se adaptaram à realidade da vida na cidade. O jardim vertical é ideal para quem não tem muito espaço livre em casa e deseja manter contato com o verde. Assim como o nome sugere, ele é montado nas paredes e em superfícies que estão na vertical, ocupando pouco ou quase nada de espaço plano.

Jardins de inverno são outra opção para quem não possui espaço ao ar livre. Eles são montados embaixo de escadas, dentro de apartamentos, e são compostos por plantas que não necessitam de exposição ao sol.

Então, a dica para jardim é pesquisar qual é o estilo que mais lhe agrada e atende às suas necessidades.

 

3. Defina as espécies de plantas e materiais

Agora que você já sabe qual será o estilo do seu jardim, é hora de escolher quais plantas e materiais serão utilizados. Para isso, pense no seu estilo de vida, o que lhe agrada visualmente, se dispõe de tempo para manutenção, se deseja ter uma horta em casa. Feito isso, elenque quais plantas estarão de acordo com seu perfil.

Lembre-se de harmonizar as condições climáticas com as espécies escolhidas. Há flores e plantas que precisam de longa exposição ao sol. Existem aquelas que se dão melhor com sombra. É bom ainda evitar plantar árvores que soltam muitas folhas próximo à área da piscina.

Pessoa organizando vasos de plantas no jardim.

Plantar em vasos é uma alternativa interessante para quem não tem como usar diretamente o solo.

Em relação ao material, uma dica para jardim é apostar em vasos para compor o cenário se não for possível plantar no solo. Estruturas de bambu também são uma ótima alternativa para a construção de jardins verticais.

 

4. Utilize móveis e iluminação

Não somente de plantas é feito um espaço verde. Um jardim pode ser também uma área de lazer e convivência dentro do seu terreno.

Pessoas fazendo o churrasco no Jardim de casa.

Busque móveis que reflitam o seu tipo de personalidade.

Por isso, outra dica é utilizar móveis e iluminação específicos para essa área, que pode ganhar a funcionalidade de ambiente para leitura, descanso e/ou convívio.

 

Ilustração com uma chamada para o download gratuito do e-book sobre construção de imóvel.

 

5. Organize-se para a manutenção

Um jardim requer cuidados de manutenção para seguir limpo e harmônico. A depender da escolha das espécies, essa lida poderá ser diária ou não. A rotina envolve podar, adubar e regar as plantinhas.

Jardineiro trabalhando.

Se você não dispor de tempo, contrate um profissional que saiba mexer com plantas para fazer uma manutenção adequada.

 

Lembre-se: essa é a fase que vai garantir longa vida ao espaço verde no seu imóvel.

 

Bom, já deu para notar que ter um jardim pode ser uma tarefa mais simples do que se imagina. Esse espaço verde traz uma sensação de conforto e harmonia para o ambiente, além de possibilitar o contato com o verde mesmo em áreas marcadas pelo concreto, como nas cidades.

Então, a grande dica para jardim é se planejar para a construção e manutenção desse pedaço da natureza dentro de casa. Agora, conta para a gente: o que achou das nossas dicas? Você já tinha pensado no jardim do seu imóvel? Deixe seu comentário!

Comentários
Posts Recentes
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO?
Bons negócios começam com uma boa conversa. O que você procura?
RESIDENCIALCOMERCIALINVESTIR

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Homem consertando o telhado de uma casa.Área de lazer na beira da piscina.