em Economia - Tempo de leitura: 3 minutos

 

Quem tem um imóvel próprio sabe bem do que se trata essa dúvida complexa. Vender ou alugar? Qual o melhor negócio?

A verdade é que o país – e o mundo – vive um momento de instabilidade econômica, e com o mercado imobiliário não seria diferente

Portanto, se você tem um imóvel e está em dúvida entre vender ou alugar, este artigo pode te ajudar. Confira!

 

Esteja ciente de todas as informações do seu imóvel antes de vender ou alugar

Uma decisão tão importante quanto vender ou alugar um imóvel precisa ser baseada nas expectativas do proprietário e também na situação atual do mercado. 

Por isso, antes de mais nada, você precisa estar munido dessas informações.

É essencial reunir o maior número de dados relevantes sobre o imóvel, a localização e o comportamento do mercado imobiliário. 

Portanto, algumas das perguntas que você precisa responder são:

  • É um bairro em crescimento? 
  • O bairro tem perfil residencial ou comercial?
  • Existe previsão de novos investimentos na região?

E então você precisa avaliar suas finanças e o potencial do imóvel, conforme explicamos abaixo.  

 

 

Avalie suas necessidades e potencial do imóvel

Um ponto que deve ser analisado ao decidir entre vender ou alugar um imóvel diz respeito à sua necessidade de se capitalizar.

Veja, caso você precise do dinheiro com mais urgência ou um valor mais alto, a venda é a opção mais indicada. Mas, se você puder esperar para lucrar mais, o aluguel deve ser considerado.

Além disso, para saber qual negócio vale mais a pena, se é vender ou alugar, o potencial do imóvel é um fator determinante, como mencionamos anteriormente.  

Ou seja, se o bairro ou região tiver boas perspectivas de crescimento, aposte no aluguel, pois essa será uma forma de manter um patrimônio com boas margens de lucro a longo prazo. 

 

 

Como considerar a valorização do imóvel?

Como considerar a valorização do imóvel?

Se você ainda estiver em dúvida sobre vender ou alugar, avalie se o valor do seu imóvel pode crescer dentro de alguns anos. 

Por exemplo, digamos que seu imóvel aumente em 20% o valor no período de um ano. Nesse caso, vale a pena aguardar até efetuar a venda, podendo ter algum rendimento com o aluguel durante o período. 

Além das perguntas que pedimos para você responder anteriormente, para avaliar o potencial de valorização de um imóvel, considere mais dois fatores principais:

  • O bairro deve  receber melhorias e investimentos, como shoppings, metrô e parques? 
  • A procura por imóveis no bairro está maior do que a demanda?

Tendo essas informações, agora você precisa calcular a taxa de aluguel e outros possíveis custos. Veja. 

 

 

Considere a taxa de aluguel e possíveis custos

Ao decidir entre vender ou alugar, você precisa avaliar muito bem os dois lados e saber de tudo que envolve tanto a venda quanto o aluguel. 

Por exemplo, vender o imóvel e investir o dinheiro, em alguns casos pode ser um bom negócio. 

Mas para analisar melhor esse quesito, você precisa calcular a taxa de aluguel – relação entre o preço do imóvel e o valor do aluguel que pode ser obtido com ele e os possíveis custos. 

Digamos que o seu imóvel valha R$ 250 mil. Se for alugado por R$ 1 mil, ele terá uma taxa de aluguel de 0,4%. Especialistas do mercado imobiliário consideram vantajoso o aluguel, quando a taxa for próxima de 0,8%.

Sendo assim, nesse caso, o aluguel não seria um bom negócio. Já vender o imóvel e investir os R$ 250 mil seria mais rentável do que a locação. 

 

guia-para-comprar-terreno

 

Optando por alugar, você também precisa levar em consideração outros possíveis custos. Manutenções, reformas, impostos e taxas administrativas ficam por conta do dono do imóvel. 

 

 

Não se esqueça da liquidez

Se você optar por vender, não se esqueça da liquidez. Quando seu dinheiro está aplicado, existe uma maior flexibilidade para deslocar capital e buscar oportunidades melhores, se precisar.  

Por outro lado, o dinheiro “parado” em um imóvel não oferece a mesma liberdade. Pedir o auxílio de um corretor é uma boa pedida para não se arrepender depois. 

Portanto, vender ou alugar um imóvel depende da sua necessidade pessoal de investir o dinheiro, bem como os rendimentos do mercado financeiro da atualidade. 

Acesse este artigo e veja como a taxa Selic influencia no investimento de imóveis.

Comentários
Posts Recentes
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO?
Bons negócios começam com uma boa conversa. O que você procura?
RESIDENCIALCOMERCIALINVESTIR

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Em tempos de crise, é possível investir com segurança?