em Geral, Imobiliária - Tempo de leitura: 3 minutos

A taxa básica da economia brasileira, a Selic, nunca esteve tão baixa ao longo das últimas três décadas. Com a queda, as taxas de juros do mercado tendem a seguir o movimento: os investimentos de renda fixa passam a render menos e o crédito imobiliário passar a ficar mais barato no mercado, já que ambos se baseiam na Selic para definir seus preços.

Em outras palavras, significa dizer que os juros de empréstimos e dos financiamentos para adquirir um imóvel estão mais baixos. Nota-se, então, um ótimo momento para realizar o objetivo de ter uma casa própria, ainda que o final de ano esteja bem próximo. Entenda por que.

 

Mercado imobiliário aquecido

Com a taxa Selic de 5% ao ano, o mercado imobiliário brasileiro se fortalece. Isso porque fica mais barato contratar um crédito para adquirir um imóvel junto às instituições financeiras e a procura por bens se intensifica. Quanto menor a taxa Selic — que atingiu o menor patamar desde 1996 — menores são os juros cobrados pelos bancos.

Logo, os investimentos em imóveis próprios tornam-se um grande atrativo, aquecendo o mercado imobiliário brasileiro.

 

Dinheiro guardado vai render menos

O dinheiro poupado nos bancos vai render menos. A taxa Selic é a taxa mãe dos investimentos em renda fixa e é nela em que se baseiam os rendimentos do montante guardado na poupança e Tesouro Direto, por exemplo.

Então, se o dinheiro guardado está rendendo taxas de juros menores ou próximas às taxas de financiamento (que estão baixas) oferecidas pelas instituições financeiras, é um bom momento para tirar o dinheiro do banco e investir em um imóvel.

 

+Você já leu esses?

 

Anos de retração do setor imobiliário

O período de retração do mercado imobiliário, especialmente entre 2014 e 2015, fez com que muitos imóveis desvalorizassem. Com a taxa Selic em alta, a procura por casas, apartamentos e terrenos diminuiu consideravelmente, aumentando, por conseguinte, as ofertas disponíveis no mercado.

Hoje, o cenário é de recuperação de mercado: o crescimento do setor imobiliário segue se projetando pouco a pouco e quando ainda é possível adquirir um imóvel com preços mais baixos — por conta de um período de vendas reprimido pelos anos de crise econômica. 

Nesse cenário de recuperação de mercado, a procura e a oferta ainda seguem balanceadas.

 

 

Dinheiro no bolso

O final do ano é um período mais abastado para os trabalhadores brasileiros. É a época em que as empresas pagam o tão esperado 13º salário e as pessoas têm uma graninha extra para realizar os objetivos pessoais. E entre eles pode estar a compra da casa própria.

Então, sim, adquirir um imóvel no final do ano é um bom negócio, uma vez que há um fluxo de caixa maior passando na economia familiar. Ele pode servir para aumentar o valor de entrada do imóvel, reduzindo assim o número de parcelas de um financiamento — que, por sua vez, já conta com taxas de juros mais baixas. 

Ou seja, um panorama perfeito para tirar do papel o ideal de ter uma propriedade, não é mesmo?

A taxa Selic vem sendo uma grande aliada de quem deseja adquirir um imóvel neste final de ano. Ela, que é o índice balizador da economia brasileira, faz com que abaixe todos os preços do crédito imobiliário no mercado. 

Já deu para compreender que você pagará menos para financiar seu imóvel, certo?

Mas não é só isso: o momento é favorável também por conta dos anos de demanda de mercado reprimida: na crise econômica, a venda de casas, apartamentos e loteamentos estava em baixa. As pessoas queriam vender, mas não encontravam quem comprasse. 

Então, hoje estamos no cenário perfeito para quem deseja realizar o objetivo de ter uma propriedade: grandes ofertas, baixo juros e ainda o 13º salário para contribuir com o valor de entrada.

E, então, animou-se com a ideia de adquirir um imóvel no final do ano? Então, dê uma olhada nas nossas opções de loteamento

Comentários
Posts Recentes
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO?
Bons negócios começam com uma boa conversa. O que você procura?
RESIDENCIALCOMERCIALINVESTIR

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar