em Imobiliária - Tempo de leitura: 3 minutos

Quando falamos em segurança residencial, pequenas atitudes fazem toda a diferença na hora de proteger nosso patrimônio.

Podemos instalar alarmes residenciais, sensores de movimento ou uma cerca elétrica, mas existem também pequenas ações para garantir a segurança da sua família e da sua propriedade.

Confira 10 dicas simples e baratas para proteger o seu imóvel:

1 – Dificulte a invasão

A dica de ouro para proteger seu imóvel é a DIFICULDADE. Quanto mais trabalho o invasor tiver, maior será a chance dele desistir. Isso acontece por que a maioria deles tende a desistir se não conseguir entrar em até 60 segundos.

Criar obstáculos aumentam esse tempo, com isso tornando a invasão perigosa ou desinteressante.

2 – Iluminação

Verifique com cuidado toda a iluminação de onde você mora. Em casa, não deixe as luzes acesas durante o dia: muitas pessoas saem pela manhã e deixam as luzes acesas para enxergar o caminho quando voltam à noite.

Os ladrões sabem que ninguém utiliza a luz pela manhã, então interpretam que a casa esteja vazia, tornando-se uma oportunidade para invadir.

Em condomínios e prédios, deixe sempre as luzes do estacionamento acesas, pois isso é um sinal que há alguém no prédio. Um edifício com as luzes apagadas sinaliza que todos estão ausentes, e que os apartamentos estão vulneráveis.

3 – Cubra bem as janelas

Utilize cortinas pesadas para cobrir suas janelas, isso dificulta o assaltante olhar para dentro de sua casa, vendo tudo o que há dentro de antemão.

Evite deixar objetos importantes perto de janelas e com fácil alcance. Pois um invasor pode arrombar uma janela e dar de cara com um notebook, smartphone ou até sua carteira.

4 – Cuidado com as chaves

Nunca identifique suas chaves ou seus chaveiros com etiquetas que sinalizem de onde são.

Evite também deixar uma cópia de sua chave escondida no quintal ou em qualquer parte externa de sua casa, isso mesmo em casos de emergência. Alguém poderá ver onde você colocou as chaves, ou até mesmo encontrá-las e entrar facilmente em sua casa.

Caso seja necessário, é preferível que você entregue a chave para um vizinho de confiança, algum familiar ou amigo próximo.

5 – Fique atento às fechaduras

Confira todas as fechaduras das portas e janelas, se estão funcionando bem ou se estão fragilizadas pelo tempo ou uso. Quando você mudar para uma casa nova, troque as fechaduras das portas que unem o interior da casa com a parte externa. Nesses casos fechaduras no formato tetra são mais resistentes e seguras.

Instalar uma segunda camada de proteção para portas e janelas também dificulta a entrada de invasores. Grades para janelas, por exemplo, são quase impossíveis de superar, garantindo uma proteção valiosa para a sua casa.

6 – Cuide da estética de sua casa

Fique atendo à estética de sua casa, residências descuidadas sinalizam que não possuem ninguém ali, chamando a atenção para uma possível invasão.

Cuidar de sua casa do lado de fora também é importante. Mantenha seus arbustos aparados, pois quando eles estão altos servem de esconderijo para ladrões, dando cobertura durante o tempo que precisam para agir.

7 – Aposte em muros e portões adequados

Fique atento às estruturas de seus muros e portões, verifique se eles podem ser escalados. Evite instalar portões vazados, que permitem o encaixe dos pés.

Observe também o muro dos fundos da residência, se ele possui alguma estrutura de apoio que facilite uma escalada. Estas são áreas que podem facilitar a entrada de um invasor.

8 – Não deixe ferramentas à vista

Muitas vezes fazemos alguns reparos na área externa da casa, deixando ferramentas em um canto durante uma obra. Aproveitando estas oportunidades um invasor pode usar uma delas para arrombar uma porta ou janela.

Na maioria das vezes os invasores não trazem consigo ferramentas que ajudam na invasão, então caso você esteja fazendo alguma obra, ou possui equipamentos de jardinagem na área externa de sua casa, o ideal é guardá-las em um local com tranca.

9 – Animais de estimação

Independentemente do tamanho, um cachorro também é ótimo para desencorajar invasores e aumentar a segurança da sua casa.

Isso porque eles sinalizam com barulho a presença de qualquer pessoa estranha, desmotivando a entrada de algum invasor em seu quintal.

Você pode contar também com cães treinados para desempenhar o papel de segurança. Para isso é necessário um treinamento especial para o animal.

10 – Bom relacionamento com seus vizinhos

Manter um bom relacionamento com seus vizinhos também pode garantir mais segurança para sua casa. Caso tenha algum movimento estranho na casa enquanto você está fora, seu vizinho poderá acionar a polícia.

Caso você viaje de férias, seu vizinho também poderá recolher suas correspondências, ficando de olho na casa. Estas também são tarefas simples de segurança.

Estas pequenas ações podem evitar uma surpresa muito desagradável. Quais destas dicas você já pratica? Você tem outras práticas como essas que faltou mencionarmos? Deixe nos comentários outras atitudes que você utiliza para melhorar a segurança da sua casa.

Comentários
Recommended Posts

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

dicionario-do-corretor-siglas-e-termossaiba-a-importancia-do-networking-no-ramo-imobiliario