em Economia, Imobiliária - Tempo de leitura: 3 minutos

Ter a casa própria é um sonho que não vira realidade sem esforço e dedicação. Além do desejo de ser dono do próprio imóvel, é preciso seguir um planejamento para evitar surpresas no caminho e complicações na hora de pagar. E, claro, é possível sim ter uma casa própria. Só há alguns quesitos a serem cumpridos antes de você chegar lá.

Por isso, neste artigo, reunimos 6 coisas que você precisa fazer para ter a casa própria sem medo de ser feliz. Quer saber quais são? Siga a leitura!

 

1. Organize-se financeiramente

A primeira etapa para quem deseja tornar real o sonho da casa própria é a organização financeira. Antes de começar o planejamento para a compra do imóvel, organize-se em relação aos compromissos e dívidas que firmou anteriormente.

Calculadora sobre a mesa durante o planejamento financeiro da casa própria.

Colocar as finanças em ordem é a primeira etapa dessa jornada rumo a casa própria.

A ideia é começar o caminho da casa própria sem a preocupação com outras demandas financeiras mais importantes. Organize-se para quitar tudo aquilo que tira o sono antes de investir na compra do seu imóvel, ok?

 

+Saiba Mais: Dicas para Economizar e Comprar o Primeiro Terreno

 

2. Defina quanto pode investir

O segundo passo é mapear quanto você pode investir mensalmente para estar mais perto da realização do seu sonho. Calcule quais são seus gastos fixos (aqueles que não mudam independentemente dos seus hábitos de consumo como o valor do condomínio, aluguel etc.) e seus gastos variáveis (supermercado, lazer, roupas etc.).

Depois, veja quanto sobra do seu orçamento e quais custos podem ser reduzidos. Quanto maior o valor mensal que poderá dispensar para o investimento no sonho, mais rápido ele se tornará real. O ideal é que cerca de 30% do orçamento familiar seja destinado ao imóvel próprio.

Se possível, inicie com certa antecedência uma reserva financeira específica para a compra da casa própria, poupando uma quantia a cada mês. Ter um valor robusto para dar de entrada pode ser uma grande carta na manga na hora de negociar com o vendedor.

 

+Saiba Mais: Construir ou comprar o imóvel pronto? Porque e como fazer

 

3. Escolha o tipo de imóvel

Embora o sonho já seja latente dentro de você, uma etapa importante para concretizá-lo é torná-lo cada vez mais real. Então, se o assunto é ter a casa própria, pense no tipo de imóvel que você deseja adquirir. Será uma casa ou um terreno para a construção? Em um bairro mais afastado ou mais próximo ao centro? Quais características do seu entorno são importantes para você?

 

Pessoa abraçando a maquete do projeto de sua futura casa própria.

Se informar e ver todas as opções é fundamental para fazer a escolha certa.

Identifique quais são suas necessidades e planos futuros para estabelecer o tipo de casa própria que se adeque à sua realidade.

 

Ilustração com uma chamada para o download gratuito do e-book sobre construção de imóvel.

 

4. Estabeleça a melhor forma de pagamento

A melhor forma de pagamento é aquela que cabe no seu bolso. Agora que você já sabe quanto pode investir mensalmente sem comprometer a segurança da sua família, que você já quitou suas dívidas, é hora de dar mais esse passo.

No mercado, existem diversas formas de adquirir a casa própria: consórcio, financiamento e empréstimo. Avalie as vantagens e desvantagens de cada uma dessas opções, levando em conta os valores de entrada, o tempo de quitação das parcelas e os juros embutidos. Lembre-se sempre de fazer, no mínimo, três simulações para obter informações precisas.

 

+Saiba Mais: Financiamento ou empréstimo qual é o melhor para comprar imóvel?

 

5. Tenha foco

O quinto passo para um bom planejamento da compra da casa própria é ter foco. De nada adianta quitar todas as dívidas e definir o valor que poderá investir se ao longo dos meses você sempre priorizar outras demandas que não o seu sonho.

E esse é um objetivo a longo prazo. Então, lembre-se sempre de não desanimar com as dificuldades e ter sempre em mente que economizar é a solução mais viável para alcançar o sonho da casa própria.

 

Pessoa fazendo um aporte para a aquisição da casa própria.

Se manter focado no planejamento pode ser um dos maiores desafios ao longo do caminho para a conquista da casa própria.

Outra dica quando se trata de um objetivo grande é envolver a família no seu propósito. Portanto, peça contribuição dos seus filhos, companheiro (a) e entes queridos, inserindo-os no planejamento financeiro do seu sonho. Quando se tem o apoio familiar fica mais fácil atingir qualquer objetivo.

 

6. Busque informações

O último passo é para lembrar de deixar a ansiedade de lado antes de fechar o negócio da casa própria. No momento da concretização do sonho, as pessoas se esquecem de checar informações sobre a empresa com quem estão firmando contrato.

Portanto, certifique-se quais são os seus direitos e deveres com a compra do imóvel, verifique a idoneidade do negócio e analise muito bem o contrato que vai assinar. Quanto mais informações, menores são as chances de você cair no golpe ou ser pego de surpresa em relação às condições de compra da casa própria.

Com um bom planejamento financeiro, o caminho da casa própria se torna mais curto e leve. Contar com o apoio da família para economizar, ter foco e se munir de informações sobre o negócio são estratégias certeiras para a realização do sonho.

E na sua vida qual é a maior dificuldade para a compra da casa própria? Conta para a gente, deixando seu comentário abaixo.

Comentários
Posts Recentes
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO?
Bons negócios começam com uma boa conversa. O que você procura?
RESIDENCIALCOMERCIALINVESTIR

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

lugar tranquilo para morar