em Imobiliária - Tempo de leitura: 4 minutos

Colocar uma propriedade à venda não é uma tarefa fácil, nem mesmo um processo rápido. Além dos motivos burocráticos, as crises financeiras dificultam os acordos no setor imobiliário, fazendo com que a venda demore ainda mais. 

Diante dessa realidade, a permuta de imóveis é uma opção que tem ganhado muitos adeptos por ser uma chance a mais de fechar negócio.

Apesar de ser uma boa oportunidade, ainda há relutância por parte de algumas pessoas que tem o receio de sofrer prejuízos ou até mesmo golpes

Para que você entenda sobre o que estamos falando, confira a seguir, o que é a permuta de imóvel, as vantagens e desvantagens!   

 

O que é permuta de imóveis? 

A permuta de imóveis é uma possibilidade de negociação para a troca de propriedades de valores semelhantes entre duas partes. Quando a quantia não é equivalente, poderá ser acordada uma compensação para cobrir essa diferença.

Além disso, essa troca pode ser feita em todos os tipos, como terrenos construídos ou não, casas, apartamentos e imóveis comerciais. 

Essa é uma negociação bastante atrativa e benéfica, porém é necessário ter alguns cuidados para não ter dores de cabeça.

 

 

Quais cuidados ter ao optar pela permuta de imóveis?

Na prática, um contrato de permuta de imóveis é bastante simples. No entanto, existem alguns detalhes que devem ser avaliados antes da troca. O primeiro deles é garantir que toda a negociação seja feita por meio de um contrato com validade jurídica e legal, pois essa é a melhor maneira de se resguardar em casos de problemas.

Para a permuta, esse é um documento elaborado da mesma maneira daqueles de compra e venda, porém é necessário que seja produzido com uma escritura pública em que constam todos os valores, obrigações de ambas as partes e data da troca. Essa é uma escritura que custa entre 4% e 6% do valor total do imóvel.

A segunda cautela que pode evitar muitas complicações é avaliar o real valor de mercado dos imóveis, tanto o seu, quanto o que está sendo oferecido para troca. 

Para isso, o mais indicado é buscar por um corretor, que será o melhor profissional para determinar e estudar o preço legal e justo para troca e volta.  

Além disso, é fundamental que você confira todas as documentações do imóvel oferecido para troca, de maneira que possa avaliar a situação legal da propriedade

O ideal é até mesmo agendar uma visita para verificar se tudo está de acordo com as informações passadas.

 

Afinal, quais são as vantagens da permuta de imóveis?

permuta de imóveis

Entre as vantagens da permuta de imóveis que pode significar menos gastos é a isenção do Imposto de Renda

A Receita Federal não faz o recolhimento de tributos nessa opção por considerar que é um imóvel já declarado pelo antigo proprietário. 

No entanto, esse benefício somente é válido quando não há valores de volta.

Outra característica que torna a permuta atrativa é a falta de inúmeras parcelas de empréstimos, financiamentos e altos juros envolvidos. 

Essa é uma maneira de fugir dos bancos, burocracias e futuras dívidas no seu orçamento.

 

E as desvantagens da permuta de imóveis?

permuta de imóveis

Como nem tudo são flores, existem desvantagens na permuta de imóveis que precisam ser consideradas na sua decisão. 

A primeira delas é que é comum as partes envolvidas não entrarem em acordo sobre os valores das propriedades.  

Muitas vezes, os “achismos” e a vontade de ter uma quantia de volta acaba inviabilizando a negociação. 

Como dito, a isenção do IR somente é válida para contratos em que não há dinheiro de volta envolvido. 

 

Como dito, a isenção do IR somente é válida para contratos em que não há dinheiro de volta envolvido.

 

Portanto, se for necessário repassar algum valor, ele deverá ser declarado para que as devidas arrecadações de tributos sejam feitas.

Por esses e outros detalhes que uma conciliação de permuta pode ser bastante cansativa e conturbada, pois nem sempre as condições são aceitas por uma das partes. 

E mesmo que haja confiança entre as duas pessoas, esse é um processo que pode resultar em inflexibilidade e conflitos. 

 

 

Como a permuta de imóveis pode ser feita?

O primeiro passo para fazer uma permuta de imóveis é buscar uma imobiliária para avaliar os valores de mercado e facilitar toda a negociação. 

Depois, escolha a propriedade que agrada, ou analise o terreno oferecido para troca da sua casa, e avalie principalmente a localização e estado de conservação do imóvel.

Após isso, veja se as condições estabelecidas estão de acordo com as suas expectativas e se o valor está em conformidade com o definido pela corretora. 

Na sequência, é necessário iniciar o trâmite para fazer o contrato de troca. 

permuta de imóveis

Para isso, reúna os seus documentos de identificação e comprovação da legalidade do terreno.

Se não houver quantia de volta, basta que ambas as partes assinem o contrato e estejam de acordo. Se houver necessidade de repassar algum dinheiro, certifique-se da data e local para que isso seja feito.

A permuta de imóveis, assim como qualquer contrato de compra e venda, tem as suas vantagens e desvantagens. 

Para não ter problemas nem mesmo sofrer algum prejuízo financeiro, procure ajuda profissional e não tenha pressa em assinar o contrato sem verificar a veracidade de todas as informações e estado do imóvel.

Ainda não conhece nenhuma empresa de confiança? Então, aproveite para conferir o nosso artigo com dicas para escolher uma imobiliária confiável!

Comentários
Posts Recentes

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

O que é incorporação imobiliária e como se faz?