em Economia, Terrenos - Tempo de leitura: 3 minutos

Com a menor taxa de juros já registrada na história, devido às consequências causadas pela pandemia de Covid-19, este se torna um ótimo momento para investir em um imóvel.

Para financiamento de terreno, lotes e construções residenciais, muitas instituições financeiras estão com vantagens para quem deseja ter a casa própria. 

Vale dizer que adquirir um terreno para construir custa 30% menos do que se fosse comprar uma casa já pronta.

Portanto, veja como aproveitar o momento para conseguir as melhores opções de financiamento. 

 

 

Financiamento de terreno

Para o financiamento de terreno, existem condições que variam de uma instituição financeira para outra. Mas, existem algumas regras que valem para todas. Veja:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Comprovar renda mensal familiar;
  • Ser brasileiro ou ter cidadania brasileira;
  • Fazer a contratação dos serviços de seguro oferecidos pela instituição;
  • Sua idade somada à quantidade de anos do financiamento não pode exceder 80 anos e meio.

Se você atende a esses requisitos, já pode começar a cogitar a ideia de financiar um terreno para construir a casa própria.

A Caixa Econômica Federal é uma das opções que disponibiliza linha de financiamento de terreno. Inclusive, você pode utilizar seu FGTS para uma parte do pagamento. Apenas atente-se, pois a prestação não pode ultrapassar 30% da renda familiar bruta mensal. 

Clique aqui para baixar guia gratuito com mais informações sobre financiamento de terreno pela Caixa. 

 

 

Financiamento de lotes

O financiamento de lotes também é bastante procurado. Até, porque, morar em loteamento garante mais segurança aos moradores e tem maior tendência de valorização com o passar dos anos.

Clique aqui e veja as vantagens de comprar um terreno em loteamento. 

O Bradesco é uma das opções que oferece crédito imobiliário para aquisição de lote urbano. Você pode financiar lotes urbanos com valor de até R$ 950 mil. A renda líquida da família pode ser comprometida em, no máximo, 20% para o financiamento. 

Clique aqui para baixar guia gratuito com mais informações sobre financiamento de lote pelo Bradesco. 

 

 

Financiamento para construir

Além do financiamento de terreno e lote, há opções para quem já tem o terreno ou o dinheiro para a compra do terreno.

Ou seja, instituições financeiras também oferecem serviços para quem precisa comprar o material de construção ou pagar a mão de obra, por exemplo. 

O Banco do Brasil oferece uma linha de crédito imobiliário para te ajudar a comprar os materiais para a construção da casa. O limite é de até R$ 50 mil para quem for conveniado.  

 

guia-para-comprar-terreno

 

Outra possibilidade é contar com um empréstimo pessoal. O Itaú disponibiliza empréstimo para que você possa comprar os materiais para a construção da casa com até 90 dias para pagar a primeira parcela. 

Clique aqui para baixar guia gratuito com mais informações sobre empréstimo oferecido pelo Banco do Brasil e Itaú. 

 

 

Conte com a Imobiliária SL para conquistar a casa própria

Sem burocracias e com muitas facilidades para o pagamento. Esse é o desejo da Imobiliária SL para te ajudar.

Por isso, oferecemos financiamento próprio para o renomado Loteamento Sul II. Por estar localizado em uma região de fácil acesso a outras cidades e próximo ao centro de Francisco Beltrão, a valorização do imóvel tende a ser crescente e os lotes possuem a partir de 320 m². 

Tudo isso com uma entrada de, no mínimo, 30% do valor e até 15 anos para pagar o financiamento. Você pode utilizar o simulador em nosso site para verificar quais seriam as melhores parcelas para o seu orçamento. 

Para te ajudar ainda mais, criamos um guia gratuito de financiamento de terreno, lotes e construção residencial. Listamos bancos e instituições financeiras. Clique aqui para baixar gratuitamente.

Comentários
Posts Recentes
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO?
Bons negócios começam com uma boa conversa. O que você procura?
RESIDENCIALCOMERCIALINVESTIR

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Onde morar em Francisco Beltrão?